E-mail:
   
 
 
Senha:
   
     
• Arte/Literatura
• Biografias
• Ciências Humanas/Sociais
• Clubes
• Dicionários/Manuais
• DVDs
• Esporte/História
• Infanto-juvenis
• Marketing/Direito
• Preparação Física
• Quadrinhos/Humor
Sebo & Raros
Memorabilia
Como Comprar
Nossa Proposta
Faça seu Livro
Próximos Lançamentos
Patrocine Nossos Livros
Referências
Fale Conosco
Política de Privacidade
Imprensa
Indique nosso site
Este livro não está disponível
para venda no momento.

Título: REGRAS OFICIAIS DE FUTEBOL SOÇAITE

Autores:
Sprint Editora

Dimensões:
Altura: 21 cm
Largura: 14 cm

Informações Complementares:
Páginas: 108
ISBN: 85-7332-124-5
Editora: ZAMBONI - Sprint

 
Sinopse:
Não é porque começou como brincadeira que o futebol soçaite não pode ser levado a sério. Tanto que as peladas do famoso campo do 30x30, em São Conrado, entraram para o folclore esportivo carioca. Hoje, em qualquer espaço que seja possível instalar um campo de bom tamanho, com grama sintética e cercado por grades altas, ali estarão crianças e marmanjos correndo atrás da bola. Mas sem essa de bagunçar o jogo, porque a regra é clara. Ainda mais agora com este REGRAS OFICIAIS DE FUTEBOL SOÇAITE. No País em que a bola é quase uma religião, o futebol é mais que apenas um jogo. No Brasil pentacampeão do mundo, futebol é sinônimo de arte, de paixão, de negócio e também de diversão. E por aqui nem é problema se um campo de futebol é grande demais para que a maioria dos cerca de 175 milhões de brasileiros possa ter um local ao lado de casa ou perto do escritório para jogar. O campo é grande? Que mudem as regras e diminuam o campo! O importante é a bola continuar rolando... Essa foi a idéia que um carioca teve em pleno ano de 1950, quando o Brasil respirava futebol de campo e sediava pela primeira, e até agora única vez, uma Copa do Mundo da modalidade. Em seu casarão, localizado então na Rua Uruguai, 574, no bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro, o carioca José Coelho, conhecido como Juca, idealizou uma nova forma de se jogar futebol. No quintal de sua casa, construiu um campo e passou a chamar os amigos para brincar. Com regras adaptadas do futebol de campo, o novo jogo era disputado somente em uma área, de 25x50 metros. Logo, os vizinhos resolveram também fazer campinhos em seus quintais e o esporte foi crescendo. SOÇAITE - Na época, o termo "society" era uma expressão muito usada e o comentarista Ruy Porto, quando soube de uma partida com altas personalidades da sociedade carioca, se referiu ao evento como um clássico "futebol society". A partir daí estava batizado o novo esporte criado por Juca Coelho, que hoje já tem seu nome aportuguesado para futebol-soçaite. SETE - O Rio Grande do Sul foi o primeiro Estado brasileiro a criar uma Federação de Futebol Soçaite. Mas, como não é permitido que uma federação utilize nomes estrangeiros, os gaúchos transformaram o soçaite em "futebol sete" por causa do número de atletas de cada equipe em uma partida. Depois do Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, o futebol sete – nome oficial – ou futebol soçaite – nome fantasia oficializado pela Confederação Brasileira da modalidade, chegou a todos os Estados do País. E agora tem regras oficiais, que você poderá consultar aqui, para deixar a brincadeira ainda mais séria. (Texto adaptado do site Vale Paraibano)
 
 
• Preço Normal: R$ 18,00